<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7480918\x26blogName\x3dSegredos\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://secretd.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://secretd.blogspot.com/\x26vt\x3d-219320244018389711', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Segredos..
 

Um sítio muito meu

A Antiga Mui Nobre Sempre Leal e Invicta Cidade do Porto...

Porto, in Olhares

*


Ponte da Arrábida, in Olhares

*


Estação de S.Bento, Porto

*


Ponte D.Luiz I, Porto

*

Ribeira, Porto

*
Quem vem e atravessa o rio
junto à serra do Pilar
vê um velho casario
que se estende até ao mar

Quem te vê ao vir da ponte
és cascata são-joanina
dirigida sobre um monte
no meio da neblina.

Por ruelas e calçadas
da Ribeira até à Foz
por pedras sujas e gastas
e lampiões tristes e sós.

E esse teu ar grave e sério
dum rosto e cantaria
que nos oculta o mistério
dessa luz bela e sombria

Ver-te assim abandonada
nesse timbre pardacento
nesse teu jeito fechado
de quem mói um sentimento

E é sempre a primeira vez
em cada regresso a casa
rever-te nessa altivez
de milhafre ferido na asa

Rui Veloso in "Porto Sentido"

º


Esta música é daquelas que mexe... mói... toca e trás um brilho ao olhar... um brilho molhado... de quem tem um estranho carinho pela Cidade onde nasceu...

There

  1. Blogger Comon | 29 agosto, 2005 21:14 |  

    Fdx eu olhei pa isto e apeteceu-me baterte com tanta força mas com tanta força k nem imaginas.....tens um baixo um post fabuloso pa minha pessoa comnetar e metes-me a comentar este...nao é k ele estaja mau...mt pelo contrario...mas o outro era xeio de possibilidades parar piadas e coisas assim...resumindo so me fodes fdx

    axo k n vou comentar ou eu n era : legiao-invicta....

    behave***

  2. Blogger Bluejustin | 30 agosto, 2005 22:38 |  

    E eu que ainda não tive oportunidade de conhecer o Porto?!

  3. Blogger Vanessa | 31 agosto, 2005 13:36 |  

    Ai ai... grande suspiro que me arrancaste deste lado! :)

    Nem estando lá todos os dias... só de pensar que daqui a pouco só cá volto ao fim de semana... ai ai... :)

    Beijinho*

  4. Blogger Dark | 04 setembro, 2005 01:11 |  

    Hei! Que grande musica! É mesmo de quem sente o Porto como é para ser sentido!
    O Porto é para se sentir com a memoria, com o orgulho, numa visao artistica e descomunal dum apocalipse infindavel... é a minha cidade que nao deixo por nada e me traz sempre um sorriso e 1 aperto no peito. Onde principio e termino...
    Ver essa cidade num dia de chuva, encoberto, ao anoitecer no Natal... tudo tao belo que nao devo sequer tentar descrever...

  5. Anonymous Arnath | 06 setembro, 2005 18:06 |  

    A cidade que me acolheu há um ano para cá e que eu qprendi a amar. Excelente música, excelentes fotos. A primeira está simplesmente soberba!
    xinhuxx;)