<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7480918\x26blogName\x3dSegredos\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://secretd.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://secretd.blogspot.com/\x26vt\x3d-219320244018389711', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Segredos..
 

When I was a lil' girl

Quando era miúda acreditava no Pai Natal
Bem… mas que desilusão que eu apanhei quando descobri que Ele não existia… – deve vir daí a minha tendência para as desilusões

Anyway… eu conto como foi…

Eu devia estar para fazer 5 anos… e nessa altura ainda vivia na Foz (do Douro) …
Na cozinha, tínhamos uma chaminé que se assemelhava em muito àquelas dos desenhos animados natalícios… Era enoooooorme – não assim tão enorme… mas tudo o que é maior que nós quando temos quatro anos é gigante, e, por isso, aquela chaminé tomou, na minha memória, proporções descomunais

Já era dia 25 de Dezembro (talvez de 89) e eu estava desolada… tinha pedido uma bicicleta aos meus pais, aos meus tios e aos meus primos (para garantir que alguém se lembrava da minha prenda!) e ninguém ma tinha oferecido… (pelo que a minha mãe diz, esta foi a única prenda de Natal que pedi em toda a vida…)

Lembro-me de estar na sala a comer os últimos bonecos de chocolate que a minha mãe pendurava no pinheiro de Natal (para que eu e o meu tio A. – que também não regula bem da caixa craniana – os roubássemos) quando, do nada, me começaram a chamar… gritavam feitos doidos por mim…

Lembro-me – esta é das imagens mais nítidas que tenho daquela época… – de entrar na cozinha e ver o meu Primo a tirar uma bicicleta da chaminé… o meu pai, a minha mãe e os meus tios à volta sorriam – porque é que parte destas lembranças que tenho, sendo parte delas apenas imagens, como fotografias mentais, infelizmente não têm som? – talvez batessem palmas, ou algo do género…

Lembro-me de me sentir quase a explodir de tão contente que me fizeram naquele momento

Como é óbvio, aquela imagem da bicicleta a sair da chaminé acompanhou-me durante anos e anos e anos… disseram-me que o Pai Natal naquele ano havia apanhado trânsito (eu era mesmo inocente… supostamente o Pai Natal anda num trenó voador e não apanha trânsito na noite de Natal… mas se calhar conhecia mal o caminho para a Foz… também só nos visitava uma vez por ano!) e não tinha chegado a tempo de me entregar a bicicleta na noite de 24 de Dezembro

Lembranças bonitas as minhas… (fora de brincadeira até que são!)

Mas nem dá para imaginar o desgosto que apanhei quando descobri o esquema do meu primo e do meu pai… – e confesso que o descobri há relativamente pouco tempo… Não que tivesse acreditado no Pai Natal até há pouco, mas a ideia mágica de que a bicicleta tinha realmente saído da chaminé agradava-me… o meu pai e o meu primo sempre foram para mim aqueles super heróis… fazia todo o sentido terem subido ao telhado… e fazerem passar uma bicicleta pela chaminé (?!?!?!) naquela manhã… (que inocência!! LOL)

Que desgosto ter descoberto como foi senti-me mesmo triste…
Apesar disso… continuo a acreditar em Magia… principalmente a do Natal… mas a daquele Natal de quando eu era uma menina… afinal não era quando Ele tinha mais piada?


There

  1. Anonymous il | 24 agosto, 2005 15:50 |  

    é tudo mentira...

    toda a gente devia saber que é o pinguim da páscoa quem leva os presentes no natal e os ovos de chocolate na páscoa....

    bandidos!

  2. Blogger Hrrada | 25 agosto, 2005 02:54 |  

    http://stultitia.blogspot.com/2004_07_01_stultitia_archive.html

    lê ;)

    mua*

  3. Anonymous Não Digo Tralalalala ]:-) | 25 agosto, 2005 10:08 |  

    Tens mais sorte, eu descobri p'rai com uns 4 anos que a minha mãe é que se vestia de pai Natal ]:-x

    De qualquer das formas realmente quando somos pequenos as coisas assumem proporções gigantescas, constato isso sempre que revejo algo da minha infância e que agora me parece pequenas ]:-)