<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7480918\x26blogName\x3dSegredos\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://secretd.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://secretd.blogspot.com/\x26vt\x3d-219320244018389711', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Segredos..
 

Brincadeira... mas até onde?

"Ah que piadinha... olha lá se te cai um dentinho..."

Quantas as vezes que me dizem isto...
Quantas as vezes opto por brincar com aquilo que é sério... porque até do mau devemos rir... caso contrário... entramos em constante depressão...

"Nunca pior!" - dizem... Talvez numa tentativa de acreditar que há sempre alguém pior que nós... e no entanto, o fundo do poço pode ser o melhor local do mundo, por ser de lá que ganhamos balanço para vir à tona...

me pediram para não me rir durante conversas sérias... mas não consigo... prefiro passar por imatura (ou anormal!) e no fim tirar as minhas conclusões, do que fazer algo impensado ou dizer algo sério... e deitar tudo a perder...
Tenho a minha forma de resolver problemas... e prefiro resolve-los a sorrir... por pior que eles sejam...

Quem me conhece reconhece, no que digo, a verdade da brincadeira... mas normalmente ninguém leva a sério o que digo... e depois...

Depois o maior cego é sempre aquele que não quer ver... ou entender!

"Se tivesses acreditado na minha brincadeira de dizer verdades, terias ouvido as verdades que insisto em dizer a brincar."

(Charlie Chaplin)

There

  1. Blogger Hrrada | 12 setembro, 2005 20:51 |  

    E eu estou contigo! Há mil e uma maneira de sorrir assim como há imensas interpretações do mesmo... Tal como o olhar, o sorriso diz muito do que fica por dizer... E quem te conhece consegue ver além da brincadeira!

    E pq não sorrir?

    Além do mais, um sorriso colgate (PUBBBB) tá sempre na moda!

    muaaaaa clone*