<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7480918\x26blogName\x3dSegredos\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://secretd.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://secretd.blogspot.com/\x26vt\x3d-219320244018389711', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Segredos..
 

Acerca do post anterior

Foi dito:

"Estive a pesquisar na net e confirma-se uma suspeita q tive ao ver essas fotos pela primeira vez, quando recebi o tal email.

Afinal tudo não passa de uma exibição para entreter a malta. Algo tipo "O hercules de palmo e meio cujo braço resiste a que um carro lhe passe por cima". O que explica o microfone q o homem tem, e a fofa manta vermelha debaixo do braço do miúdo (essencial para q saia incolume do truque) assim como o facto de ele não se debater perante a situação.

Nesse conjunto faltam duas fotografias q mostram o miúdo a segurar a cabeça com os dois braços depois do truque.

Um amigo meu também diz q quando era puto deixa os carros passarem-lhe por cima de um pé, só para se rir da atrapalhação dos condutores. Tenho amigos marados não tenho? :-D

Porém isto nada invalida o que para aqui se disse. Esta atrocidade afinal não o é. Mas atrocidades em nome do Islão é o que não falta (desde ataques terroristas à "lapidação" de mulheres adulteras na Nigéria há muito por onde escolher infelizmente).

Isto apenas nos ensina a não acreditarmos naqueles emails com informações bombásticas q por vezes recebemos. A minha própria experiência diz que 90% são falsos."
por Nelson Cruz.


Agradeço a informação. É importante, de facto, saber distinguir quando recebemos e-mails verdadeiros e falsos. (Pelo que, em parte, o erro foi meu de não confirmar estas imagens.)
No entanto, e lamento (mesmo sabendo que há possibilidade deste e-mail, entre tantos outros, ser falso) continuo a achar, e isto é apenas a minha opinião, que nada invalida o facto de um país permitir que crianças sejam assim tratadas.

Aliás, "em parte", o confirmado por Nelson Cruz até ajuda na minha forma de ver as coisas...

Agora, além de castigarem crianças de uma forma estúpida, também permitem a tal existência de um "pequeno Hércules"? Esta criança não tem pais? Ninguém que olhe por ela?

Todos sabemos que as crianças têm, por vezes, ideias tolas... cabe ao adulto (normalmente) impedir que essas mesmas ideias tolas se concretizem...

E onde estão os adultos, naquele país? A brincar às bombas e aos incêndios, aos amúos e às birras...

There

  1. Blogger Hrrada | 22 fevereiro, 2006 12:55 |  

    Amén! :D Lol

  2. Blogger Dark | 24 fevereiro, 2006 17:59 |  

    Ora gostei desse (normalmente)... pq realmente nem sempre, mas ai é q está alguma piada e alguma da formaçao do caracter das crias, certo? E isto n ker dizer q concorde c akilo q se ve por ai!

    Agr essa historia dos direitos humanos... Pois é mt bonita, é... No papel, mas só no papel. É q isso n é negociavel e o ekilibrio socio-economico tao dependente do mundo arabe nao permite q sejam kebradas tais loucuras. Ficava td sem petroleo e q seria do mundo ocidental?!
    Pois é, agr ta td xocado pq real/ ng ta a salvar gente por 1 barril de petroleo. Mas as guerras n sao feitas por direitos humanos! So por politicas e economia. Agr venham ca c as desculpas q kiserem...
    M acho q akilo q digo ja tds sabem... e qm n vê é pq n ker! É tao obvio... é so abrir bem 1 olho (nem seker precisam ser os 2) e olhar p o q se passa nas entrelinhas dos palavreados das guerras e das palavras norte americanas...

    (Was it too long? Sowy...)

  3. Anonymous Nelson Cruz | 25 fevereiro, 2006 02:55 |  

    É claro q mesmo sendo um espétaculo de rua, não deixa de ser algo chocante. Aquela criança devia era estar na escola. Mas onde há pobreza... há coisas assim e piores. E para ver crianças a trabalhar e a serem exploradas não é preciso ir longe.

    É dificil de compreender é como cenas daquelas se passam em países riquissimos em petróleo. Apesar disso parecem séculos atrasados em relação a nós. Não só economicamente como em mentalidades.

    Na Europa também já fomos fanáticos pelo cristianismo, reprimia-se o progresso cientifico e a tolerância para com outras religiões era quase nula. O cristianismo era o único caminho para chegar ao ceú, e era preciso expandilo (à força se necessário).

    Felizmente a Europa passou pela Renascença e isso tudo foi ficando para trás. Os muçulmanos, pelo contrário, não só não tiveram um fenómeno equivalente como parece q estão é a andar para trás, com doutrinas radicais do Islão a alastrar. Vi ontem num documentário inglês na SIC Notícias q até já se fazem novas traduções do Corão, menos tolerantes para as outras religiões.

    Mas pronto... eu já fiquei mais aliviado por aquela cena ser um espétaculo de rua. Pelo menos não era algo destinado a aleijar (permanentemente) o miúdo. Mas q os adultos lá do sitio se deviam revoltar mais com isso do que com caricaturas idiotas... isso é inegável!

    Desculpa lá Kyia fazer comentários maiores q o respectivo post, mas às vezes não consigo parar os dedos. :-)