<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7480918\x26blogName\x3dSegredos\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://secretd.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://secretd.blogspot.com/\x26vt\x3d6045235995717618656', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Segredos..
 

Triste verdade

O mesmo povo que contesta isto e se acha no pleno direito de matar inocentes porque, um dia, alguém (pouco importa quem) decidiu fazer caricaturas temáticas...


O mesmo povo que se diz ofendido com as mesmas caricaturas...

O mesmo povo que quer obrigar o Mundo a aceitar, e viver, sob as suas regras, leis, ou lá o que é aquilo que dizem ser o correcto...

Esse mesmo povo...

... faz isto a uma criança...







[Estas imagens chegaram até mim num daqueles famosos e-mails que nos enchem a caixa de correio... mas, desta vez, a mensagem era mais importante que um "envia para 500 pessoas".

Segundo foi explicado, esta criança apenas, e espantem-se, roubou um bocado de PÃO. Um bocado de pão que iria matar-lhe a FOME. Esta criança APENAS agiu instintamente... como QUALQUER UM que passe fome.]


Revoltada, insultada, ofendida fico eu com tamanha mediocridade e repugnância!

Para que raio se dedicam eles a defender mitos e religiões, se não sabem viver como Seres Humanos... como pessoas normais?

Vão se lixar! Eles e as leis deles que os faz matarem inocentes para "defenderem" papéis e desenhos...


Como disse John Lennon:

"Vivemos num Mundo onde precisamo-nos esconder para fazer Amor... quando a violência é praticada à luz do dia..."


E, não importa repetir a informação.

É preciso que estas coisas sejam vistas e que choquem! É preciso que o Mundo inteiro acorde e veja aquilo que acontece todos os dias num País onde dizem defender leis que ninguém entende... e onde nem as próprias crianças estão a salvo.

There

  1. Blogger Hrrada | 21 fevereiro, 2006 22:40 |  

    Sempre que olho para imagens deste género vêm-m à memória 2 músicas:

    "La fora estão os senhores da guerra
    E cantam já hinos de vitória
    Qual é a historia desta terra?
    É o medo, ali mesmo

    Cá dentro estão os homens á espera
    Unidos no destino da terra
    Já não há memória de paz na terra
    É o medo, ali mesmo
    (...)
    É tão pouca a gloria duma guerra
    E os homens que as fazem sem vitorias"

    ( Senhores da Guerra - Madredeus )

    "Imagine there's no countries,
    It isnt hard to do,
    Nothing to kill or die for,
    No religion too,
    Imagine all the people
    living life in peace...

    Imagine no possesions,
    I wonder if you can,
    No need for greed or hunger,
    A brotherhood of man,
    Imagine all the people
    Sharing all the world...

    You may say Im a dreamer,
    but Im not the only one,
    I hope some day you'll join us,
    And the world will live as one."

    ( Imagine - John Lennon )

    Pq uma representa a inutilidade da guerra, o medo, as mortes, a crueldade, a tristeza e o desespero que espero nunca conhecer, e a outra representa o outro lado da moeda: a esperança num mundo melhor, o desejo que isto mude, a crença nas pessoas. Acho que precisamos ter um pouco das 2 coisas: a revolta que nos leva a agir contra estes crimes (nem que seja a demonstrar nojo dsta gente que mata em nome d outrém) e a fé para podermos passá-la para os corações das pessoas que sofrem e que precisam mais do que nunca acreditar num mundo melhor!

    Revolta-te q eu revolto-me contigo! :)

    "You may say I'm a dreamer
    But I'm not the only one!"

    muaaaaaaaaaaaaaaaa*

    ( esqueço-me sempre q os comentários n devem parecer posts :S )

  2. Anonymous moreira | 22 fevereiro, 2006 00:07 |  

    ... eu até tentava comentar, mas a minha alma está parva... a sério, é cruel demais pra ser verdade!!! E dormir descansada?!?!?!?!?!?! ENFIM... Eu sabia o que dar em troca!!! E cagava de alto pras leis sinceramente...

    beijinho****

  3. Anonymous Nelson Cruz | 22 fevereiro, 2006 03:19 |  

    No Afeganistão no tempo dos Talibans, cortavam as mãos aos ladrões. O campo de futebol de Cabul servia para isso e para as execuções, com pessoas a assistir nas bancadas. O Futebol era proíbido, tal como a música...

    Mas fazerem uma cena destas a uma criança... que roubou para comer?!

    E depois esta gente tem a destinta lata de nos tentar impôr as suas regras... até de nos dizer o que podemos ou não desenhar!

    Acho um piadão àqueles q amam tão fervorasamente Maomé, q quando vêm outros a distorcer os seus ensinamentos para justificar atentados à bomba (suicidas ou não), o voar aviões contra edificios, etc, vitimando inocentes, inclusivé mulheres e crianças, nada fazem.

    Quando se goza em desenhos com o mesmo Maomé, protestam, queimam embaixadas e por aí fora...

    Será q não percebem q só estão a dar razão aos cartunistas q aludiram q o Islão era gerador de violência?

    Alguns cartoons gozam precisamente com as interpretações extremistas dos q usam o Islão para justificar o terrorismo. E contra quem se revolta o mundo islamico? Contra os extremistas ou contra quem goza com eles?

    A Hrrada já falou no Imagine do John Lennon, uma das minhas músicas favoritas. Ainda recentemente vi o Peter Gabriel cantar isso na abertura dos jogos olimpicos em Turin e não pude deixar de pensar em como a letra ainda é incrívelmente actual.

    Yes, John. I'm a dreamer too.

  4. Anonymous Nelson Cruz | 22 fevereiro, 2006 04:06 |  

    Estive a pesquisar na net e confirma-se uma suspeita q tive ao ver essas fotos pela primeira vez, quando recebi o tal email.

    Afinal tudo não passa de uma exibição para entreter a malta. Algo tipo "O hercules de palmo e meio cujo braço resiste a que um carro lhe passe por cima". O que explica o microfone q o homem tem, e a fofa manta vermelha debaixo do braço do miúdo (essencial para q saia incolume do truque) assim como o facto de ele não se debater perante a situação.

    Nesse conjunto faltam duas fotografias q mostram o miúdo a segurar a cabeça com os dois braços depois do truque.

    Um amigo meu também diz q quando era puto deixa os carros passarem-lhe por cima de um pé, só para se rir da atrapalhação dos condutores. Tenho amigos marados não tenho? :-D

    Porém isto nada invalida o que para aqui se disse. Esta atrocidade afinal não o é. Mas atrocidades em nome do Islão é o que não falta (desde ataques terroristas à "lapidação" de mulheres adulteras na Nigéria há muito por onde escolher infelizmente).

    Isto apenas nos ensina a não acreditarmos naqueles emails com informações bombásticas q por vezes recebemos. A minha própria experiência diz que 90% são falsos.