<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7480918\x26blogName\x3dSegredos\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://secretd.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://secretd.blogspot.com/\x26vt\x3d6045235995717618656', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Segredos..
 

Catch a Star

"Podes-me perguntar quantas estrelas consigo contar deste meu refúgio...


Dir-te-ei apenas "Muitas"... não me apetece contá-las, mesmo querendo olhá-las... Não me apetece limitar o horizonte num número, mesmo não desejando perdê-lo de vista...


Pergunta-me por elas e dir-te-ei "Estão ali...", afinal estão sempre, mesmo quando não as vemos...

Dir-te-ei "Olha para elas quando te quiseres lembrar de mim... porque eu sou como elas, também me ausento, também desapareço... mas nunca, nunca deixo de olhar por ti...".

"E a Lua... Ela é que olha por nós... e faz com que estejamos juntos quando nada mais o permite...".



Agora abraça-me, deixa-te de perguntas...
Hoje quero só ficar assim..."


[ Imagem daqui ]



~ Post do dia 10 de Outubro de 2006; mais um rascunho esquecido, mas postado num 'tempo certo'.

There

  1. Anonymous Anónimo | 06 novembro, 2006 20:30 |  

    Apesar da escuridão estar ligada à tristeza, à solidão, ao que a vida e o mundo têm de mau, são, muitas vezes, em noites com a que descreves que me sinto mais feliz... Mesmo quando tudo indica que sim, nunca estamos sozinhos. Bom trabalho com o teu blog, gostei (= Beijinho *

  2. Blogger Dark | 13 dezembro, 2006 18:08 |  

    "E a Lua... Ela é que olha por nós... e faz com que estejamos juntos quando nada mais o permite...".

    Como vistante (pouco) assiduo do teu blog (pq a profissao n permite ;Þ) tenho a dizer que, de cada vez que ca venho, tenho uma agradavel surpresa nos teus posts!
    Foste tu a criadora de todas essas palavras?! Adorei, adorei, adorei!